Cron - Centro Regional de Oncologia

Viver Plenamente é: praticar pequenas ações para o bem coletivo

Muitas pessoas acreditam que, para alcançar o bem-estar, é necessário cuidar somente do corpo e da mente. No entanto, esse estado é um conjunto de práticas que incluem a atenção com a saúde e com o ambiente em que se vive. Por isso, quando se fala no equilíbrio do corpo é preciso prestar atenção também no nosso principal meio: a natureza.

Cada vez mais, falar sobre a preservação do meio ambiente e o resultado de pequenas ações, tornou-se fundamental. “Vivemos na correria do dia a dia e não percebemos que tudo aquilo que fazemos hoje vai gerar consequências no amanhã, tanto para o planeta como à saúde de todos”, ressalta a bióloga e professora Ângela Lenz.

A contaminação dos afluentes, o desperdício de alimentos, a poluição do ar e o descarte indevido de lixo são exemplos de ações que danificam o ecossistema e, consequentemente, elevam os riscos à saúde. O impacto causado por essas atitudes é discutido mundialmente em simpósios, debates e congressos. Hoje já se sabe que medidas simples podem ser acrescentadas a rotina das pessoas para assegurar o bem-estar coletivo.

Mesmo com tantas discussões sobre o tema, a bióloga explica que muitas pessoas, ao pensarem no ambiente macro, entendem que pequenas ações são insignificantes frente a todos os problemas da natureza. Ainda assim, Ângela enfatiza que são justamente essas práticas que fazem a diferença. “Vivemos em um espaço amplo, construído por cada um de nós. Cada movimento nosso altera algo no ecossistema. Essa é a grande questão”.

Ao compreendermos que todos os seres têm seu valor no processo de mudança, a bióloga afirma que as medidas que visam reciclar, reutilizar e reaproveitar materiais e alimentos deixam de ser uma obrigação. “A partir do momento que olho para dentro de mim e começo a refletir sobre as minhas ações de consumo e descarte, assimilo a ideia do coletivo. Tudo ocorrerá de maneira natural, afinal minhas atitudes serão condizentes com aquilo que acredito ser o certo”, afirma Ângela.

 

Viver Plenamente é: praticar pequenas ações para o bem coletivo

 

Semana do Meio Ambiente

Entre os dias 1º e 5 de junho é celebrado a Semana Mundial do Meio Ambiente. A iniciativa chegou ao Brasil em maio de 1981, com o objetivo de complementar a celebração do Dia do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho.

Durante a semana, a sociedade é convidada a participar de discussões, palestras e workshops que visam buscar melhorias para o ecossistema. O objetivo é conscientizar a comunidade sobre a importância de preservar e valorizar o meio ambiente.

Dicas para viver plenamente com o meio ambiente:

1 – Economize água
2 – Use menos plástico
3 – Prefira as sacolas ecológicas
4 – Evite o consumismo
5 – Separe o lixo
6 – Diminua o consumo de energia elétrica
7 – Reutilize, reaproveite e recicle tudo que for possível
8 – Opte pelo transporte público ou caronas
9 – Reaproveitar restos de alimentos para produção de adubo

 

Texto: Jéssica R. Mallmann
Créditos: Jornal A Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ENDEREÇO

R. Geraldo Pereira, 405
Alto da Bronze, Estrela - RS, 95880-000
(Dentro do hospital de Estrela)

Fone

+55 51 3720.5018

E-mail

contato@cron.med.br

CONTATO

© 2019 CRON - CENTRO REGIONAL DE ONCOLOGIA